Os riscos habituais agravados pelo tempo

Processos Operacionais (1) O fato do empresário e gestores conhecerem o modelo de negócio ou terem experiência na área de atuação não garante a visão holística dos riscos atinentes a atividade empresarial desenvolvida. A rotinização de tarefas produz involuntariamente a subestimação de riscos e a acomodação com as falhas.

Diante das diversas preocupações empresárias diárias, riscos operacionais emergenciais são tratados enquanto outros riscos, menos recorrentes ou impactantes, segundo o crivo diretivo, são deixados em segundo plano. O problema é que com o passar do tempo estes riscos ignorados são potencializados, mas, em razão proporcionalmente inversa, à rotina de trabalho e a habitualidade com a exposição a esses riscos faz com que os colaboradores, gestores e a direção da empresa, ignorem a possibilidade de concretização, uma vez que os riscos não tratados nunca produziram prejuízos, ou a sua prejudicialidade acabou não se manifestando da forma mais potencializada.

Como exemplo prático pense naquela pessoa que sempre atravessa em determinado local da rua, onde não há sinalização para pedestre, mas ela nunca foi atropelada. Essa pessoa naturalmente terá cada dia mais confiança para atravessar a rua naquele local com o passar do tempo. Isso não quer dizer que os riscos que ela sofre deixaram de existir, mas sim que ela se acostumou com esses riscos e passou a ignorá-los, uma vez que nunca aconteceu nada. Essa situação se aplica analogamente aos processos falhos de uma empresa, onde o risco existe e a sua ocorrência é subestimada.

Como remediação adequada nós aconselhamos a contratação de consultoria externa, prestada por profissionais que não possuem os vícios da visão rotinizada dos processos da empresa. Os profissionais terceirizados não estarão habituados com determinadas falhas e/ou vícios rotineiros e por isso terão maior facilidade em identificá-los, apresentando o tratamento mais adequado.

A Gestão Empresarial moderna trabalha com identificadores de falhas e riscos para aprimorar os processos do negócio. A Gestão de Riscos não aumenta os custos da empresa, pelo contrário, reduz os prejuízos e otimiza toda a cadeia produtiva, estabelecendo indicadores, mecanismos de controles e gerando maior lucro.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s